Hoje: 25 de Nov de 2017

Maranhão deve reunir PMDB da PB para deliberar sobre conjuntura nacional

O senador José Maranhão voltou atrás e afirmou nesta quarta-feira (23) que não tem posição definida sobre a manutenção ou rompimento do PMDB no governo da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele, que na semana passada defendeu que os peemedebistas que detêm cargos no governo entregassem as funções, declarou que acompanhará a decisão partidária, que será tomada de forma conjunta.

“O PMDB da Paraíba vai definir sua posição com o PMDB nacional. Isso é uma posição partidária e tem que ser uma decisão de forma conjunto. Eu sou partidário”, explicou.

Maranhão disse ainda que a bancada federal do PMDB da Paraíba ainda deve ser reunir antes da convenção nacional para tomar a decisão pelo rompimento ou manutenção no governo petista.

“A reunião do PMDB nacional para fazer esta deliberação foi antecipada, mas nós do PMDB da Paraíba devemos nos reunir antes para discutir o assunto”, disse.

A tendência é que o PMDB decida pelo rompimento. A saída deve ser oficializada na convenção do partido marcada para dia 29, mas de acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo, o  vice-presidente Michel Temer deve anunciar, no encontro com o ex-presidente Lula, que o PMDB desembarcará de vez do governo da presidente Dilma Rousseff.