Hoje: 17 de Dec de 2017

Luís Torres trava duelo com vice-prefeito de João Pessoa e dispara: “Não sou da pastoral carcerária para me importar com bandido”

Questionado sobre as críticas do vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior (PMDB), ao governo do Estado, o secretário de Comunicação do governo, Luís Torres, disse que “não se importar com bandido, pois não faz parte da Pastoral Carcerária”.

A declaração polêmica veio acompanhada de um comentário sobre a obra da perimetral Sul, alvo de grandes discussões entre a prefeitura da Capital e governo do Estado.

“O mínimo que se pode fazer para o pessoense é depois de entregue a prefeitura arcar com suas responsabilidades”, frisou.

Torres finalizou questionando: “Como ter paz se aqui é a terra do grito?”

PB Online