Hoje: 22 de May de 2018

Santiago quer projeto para Estado com unidade das oposições; "Vené não é único"

O ex-senador Wilson Santiago contestou o presidente do PMDB estadual, José Maranhão, de que a oposição dispõe apenas do nome do ex-prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital, para disputar o Governo em 2014, pois considera que possa haver mais de um candidato, mas antes acha que o partido precisa construir um projeto para o futuro do estado atraindo a unidade das oposições.

Para ele, a ordem de prioridade neste momento é assegurar a unidade oposicionista:

- Este é o momento do PMDB discutir, isto sim, um projeto de desenvolvimento consistente para o Estado por que o que está em curso não atende a demanda sócio - econômica das atuais e futuras gerações, por isso, adicionado a esta estratégia precisamos ter unidade nas oposições - afirmou ele dizendo que discorda de que só exista a possibilidade de candidatura de Veneziano.

Sobre a questão especifica de candidaturas, Santiago defende que se possa até, se houver necessidade, de se levar o processo para segundo turno, se ter mais de uma candidatura.

- Ainda é cedo, mas a hipótese de mais de uma candidatura esta plenamente admitida - observou ele, acrescentando que "neste sentido se faz indispensável manter diálogos com as oposições na perspectiva de se ter unidade ".