Hoje: 19 de Nov de 2017

Mercedes abre 1ª fábrica de carros da marca no Brasil em Iracemápolis, SP

A montadora alemã Mercedes-Benz inaugura, nesta quarta-feira (23), em Iracemápolis (SP), a primeira fábrica de carros da marca no Brasil. O evento tem participação do governador de SP, Geraldo Alckmin, do ministro de Trabalho e Previdência Social, Miguel Rossetto, executivos da empresa e prefeitos da região. Com investimento de R$ 600 milhões, a unidade é a terceira da companhia no país, mas a única de veículos de passeio.

A estimativa da empresa é de que sejam gerados 750 empregos diretos. O número chega a 3 mil postos de trabalho se consideradas as vagas indiretas criadas na região, segundo a montadora. A capacidade inicial de produção é de 20 mil carros por ano. Para a linha de montagem foram contratados alunos do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), após parceria firmada em 2015 entre a montadora e a instituição.

Os empregos indiretos devem ser divididos entre as empresas de suporte, que vão fornecer equipamentos e acessórios para os veículos, e também nas áreas que devem se desenvolver, como hotéis, escolas e restaurantes. A fábrica da Mercedes está um terreno de 2,5 milhões de metros quadrados na Rodovia Luís Ometo, que liga Iracemápolis a Limeira (SP), Santa Bárbara d’Oeste (SP) e Piracicaba (SP).

Produção
A unidade tem área total construída de 93 mil metros quadrados e vai produzir os modelos sedã Classe C e o utilitário GLA, que juntos respondem por quase 50% das vendas da marca no segmento de luxo no Brasil. A montadora espera produzir inicialmente 20 mil unidades por ano apenas do Classe C. A fabricação do GLA deve começar no segundo semestre.

A Mercedes-Benz já possuía duas fábricas no país, uma em Juiz de Fora (MG), que produz caminhões, e outra em São Bernardo do Campo (SP), que fabrica caminhões e ônibus.

"A abertura da fábrica de Iracemápolis é mais um marco de progresso de nossa rede flexível e eficiente. A produção global da Mercedes-Benz automóveis compreende 26 fábricas que estão organizadas em complexos de acordo com a arquitetura dos veículos. Com a produção local, estamos fortalecendo nossa competitividade global e estaremos ainda mais próximos de nossos clientes brasileiros," afirma Markus Schäfer, do Board Mercedes-Benz Automóveis, Produção e Logística.