Hoje: 19 de Nov de 2017

Elenco do Coritiba cria "bolão solidário" da Copa América e arrecada doações

Para uma boa ação, não é preciso justificativas. Mas quando amigos se reúnem por uma boa causa, é ainda melhor. Os jogadores do Coritiba aproveitaram o intenso inverno do Sul do país para recolher agasalhos e doar para uma instituição de caridade. Só que a entidade beneficente só vai ser escolhida depois do término da Copa América.

O motivo para uma situação tão específica é que o elenco alviverde decidiu fazer um bolão do torneio. A cada rodada, integrantes da comissão reúnem os palpites dos atletas para os resultados dos jogos. Os jogadores ficam organizados em um ranking e, quem terminar em primeiro lugar, vai escolher a casa de apoio que vai receber as peças de roupas.

A iniciativa começou com alguns dos estrangeiros do elenco, mas foi estendida para todos que quiseram participar. Trinta jogadores já pontuaram nas apostas. O líder dos palpiteiros é o zagueiro Luccas Claro, que acertou, inclusive, o resultado de 7 a 1 do Brasil contra o Haiti, na última quarta-feira.

– Não dá pra fazer todo mundo feliz, mas o máximo de pessoas que a gente posa ajudar, ainda mais em Curitiba, nessa semana até pra gente que tem uma condição, claro que é uma pequena ajuda, mas que possa agradar quem está recebendo – disse o primeiro colocado em entrevista ao Globo Esporte.

Em maio, o meia González, que havia sido convocado para integrar a seleção da Venezuela no torneio nos Estados Unidos, pediu dispensa do time. Agora, segue torcendo para os compatriotas nas partidas e no bolão do Coxa.

– Foi uma decisão em conjunto com a comissão técnica, que era melhor eu permanecer aqui, para me adaptar neste momento. Meu país é muito importante para mim, mas eu daqui estou torcendo pelos meus companheiros. E eu sempre aposto na minha seleção – explicou o gringo.

Valeu a torcida e a aposta de González, já que a seleção venezuelana conseguiu uma vitória inesperada diante do Uruguai e eliminou os rivais da Copa América. O elenco do Coxa ainda conta com atletas paraguaios, que estão na torcida pelo país.

– Torcemos para que eles vão bem e mandamos daqui toda a nossa força para que os companheiros que estão lá jogando. Torço para o Paraguai em primeiro, depois Argentina e Colômbia – afirmou o defensor Nery Bareiro, último colocado no bolão dos jogadores.

O Coritiba aproveitou o engajamento dos atletas para estender a campanha dos agasalhos aos torcedores. Na partida diante do Sport, no domingo, às 11h (horário de Brasília), os torcedores vão poder doar roupas nos portões de acesso do Couto Pereira.

Próximo adversário: Sport

Local: Couto Pereira, em Curitiba

Data e horário: domingo, 11h (horário de Brasília)

Escalação provável: Wilson; Dodô, Luccas Claro, Juninho, Carlinhos; João Paulo, Ruy, Juan (Fábio Braga), González; Kleber, Vinícius

Desfalques: Alan Santos, Ceará e Benítez (departamento médico); Rafael Marques (suspenso)

Arbitragem: Braulio da Silva Machado (SC), auxiliado por Carlos Berkenbrock e Alex dos Santos

 

Paraíba Aqui com GloboEsporte