Hoje: 19 de Nov de 2017

Com dois gols épicos de Diego Souza e vitória nos pênaltis, Sport bate o Campinense na Ilha

No segundo tempo, foi a vez do Campinense começar melhor. E tal como no primeiro tempo, o gol não tardou a sair. O gol de Fernando Pires foi aos três minutos. Um bonito gol, que brindou a coletividade. Augusto recebeu, caiu pela linha de fundo, passou do zagueiro e tocou para Reinaldo Alagoano. Sem espaço, ele esperou Fernando Pires se posicionar. Tocou para o colega que vinha de trás e o viu chutar rasteiro para o fundo do gol.

O Campinense voltava a ter as condições necessárias de se classificar, mas foi a vez da segunda obra de arte de Diego Souza, que aos 14 viu a bola salpicar para o seu lado e não titubeou. Meteu uma bicicleta clássica para fazer 3 a 1. Festa na Ilha. O Sport ainda teria três excelentes chances de liquidar a partida, mas Glédson fez defesas dificílimas. Os pênaltis estravam sacramentados. E aí, o Leão levou a melhor. No fim, 4 a 2 nas cobranças de pênaltis.

Banner